sábado, 15 de setembro de 2018

Que importância tem algo dentro de nós?...só a que lhe damos o direito de ter...por tanto, se não é importante não se alimenta a desimportância...

quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Amamos acreditando que o que amamos não é um sonho...é uma realidade que sonhamos no sonho...mas amamos!

sexta-feira, 7 de setembro de 2018

Tenho um relógio sem tempo que hoje parou no tempo e diz que é tempo a abrandar o tempo que não é meu...

segunda-feira, 27 de agosto de 2018

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Poderemos afirmar que a nossa vida é um caminho encontrado?...não será a vida uma constante prova de atalhos onde procuramos a estrada principal?

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

quarta-feira, 8 de agosto de 2018



O que se diz e se faz nem sempre é o que parece...há interpretações motivadas pelos corações...e há corações que sentem de forma divergente!

quarta-feira, 1 de agosto de 2018

domingo, 29 de julho de 2018

Há sempre algo novo no que nos rodeia...nada é igual ao pensamento...tudo tem uma (in)verdade a descobrir!

sábado, 21 de julho de 2018

Pior que explicar algo a uma criança é explicar a um adulto que não quer entender.....

segunda-feira, 16 de julho de 2018

sexta-feira, 13 de julho de 2018

Vou em busca da paz, sabendo que o que levo comigo é o essencial para regressar com tudo o que é preciso para continuar...vou e levo-te no coração o lugar onde nada é indiferente!

quinta-feira, 12 de julho de 2018

A felicidade é um estado de partilha profunda que se contagia na medida que a alargamos...

sábado, 7 de julho de 2018

Tenho em mim todas as manhãs os sonhos da madrugadas que me abraçam...com eles caminho pelo dia sem saber a hora de deixar cada sonho ir para o lugar da verdade...caminho e tudo chega um dia ao lugar...

quarta-feira, 4 de julho de 2018

Não sabemos o que será o momento seguinte...mas temos que projetar a vida para o momento seguinte...e ir ajustando os momentos com o decorrer do tempo!

segunda-feira, 2 de julho de 2018

Há um amor que nos une...as palavras...mas serão sempre os gestos que marcarão as passagens entre nós!

quinta-feira, 28 de junho de 2018

A amizade não tem ausência...tem momentos de silêncio...mas basta um gesto e tudo retoma ao momento!
Somos um caminho constante que se altera a cada passo lentamente...olhar em frente com a verdade dentro do peito e continuar...só assim se consegue avançar sem medos!

terça-feira, 26 de junho de 2018

Ser voluntário não é algo vago...é ser profissional no mais alto Ser...ser por e para e não com um valor em matéria palpável...é ser e ter o que o dinheiro não paga!

domingo, 24 de junho de 2018

A vida dá sinais para os caminhos a percorrer...alguns onde o medo não é ignorado...que fazer? Ir com medo...e logo se vê...

sexta-feira, 22 de junho de 2018


A arte da crítica e do elogio são tão complexas que devem ser bem analisadas antes de faladas…

sábado, 16 de junho de 2018

Se um dia a realidade não tiver o sonho nas suas formas, não é realidade de verdade...
Há em mim uma necessidade gritante de mudança...ao mesmo tempo que grita a vontade de estabilidade...dilemas sem nexo da vida que acontece todos os dias...

terça-feira, 12 de junho de 2018

Há palavras e gestos, gestos e palavras...há um vácuo entre tão singelas palavras que perco o significado das letras que as unem...

sábado, 9 de junho de 2018

Como o melhor poema somos todos nós em sintonia...hoje sinto que a poesia vive!..................

sexta-feira, 8 de junho de 2018

Gosto da vida porque a vida é repleta de momento de amizade...se assim não for não é vida nem há sentido em nada!

quinta-feira, 7 de junho de 2018

Sabemos que estamos no caminho certo quando são muitos os que seguem a mesma direção e poucos os que andam em contramão...

quarta-feira, 6 de junho de 2018

O tempo! O que fazer ao tempo que tem tantas nuances que parece variável sendo estável...

domingo, 3 de junho de 2018

Não devemos desistir do que nos traz felicidade...mesmo que a felicidade se misture com desilusão...devemos separar...aprender e continuar o caminho em busca de mais felicidade! Desistir não...

terça-feira, 29 de maio de 2018

Quando eu for grande quero de novo ser criança porque é na infância que todos os sonhos fazem sentidos...não, não quero crescer...quero somente ter o desejo de crescer como todas as crianças...

segunda-feira, 28 de maio de 2018

Há muito trabalho de generosidade em verdadeira dádiva de amizade que os ruídos abafam...mas os ruídos nunca serão o trabalho nem generosidade!

domingo, 27 de maio de 2018

Todos os dias procuro um raio de luz novo, na claridade de onde sei ser a melhor iluminação para caminhar...

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Sim, hoje já chorei...chorei de emoção pelas palavras que me chegaram ao coração...e sabem? Sou tão feliz com aquilo que o dinheiro não paga....

quinta-feira, 17 de maio de 2018

Juntos somos o melhor poema que se pode oferecer à humanidade....
O caráter solidário e humilde não pode ser confundido como falta de entendimento e de inteligência…

domingo, 13 de maio de 2018

Poema por escrever


Esperei por ti no silêncio
dos dias corridos sem tempo,
deite-te liberdade…

Olhei-te à distância,
senti os teus passos afastados
ruídos de fundo em segredo…

O tempo moveu-se!
Tudo muda no tempo
o que fica são os autênticos sentimentos…

As raízes em terra verdadeira
nos rebentos do tempo,
nas horas que demoram…

Esperei por ti aqui e agora
sem demora,
fumo mais um cigarro
com as lembranças sem poesia…

Esperei por ti e não vieste!
Faltaste à promessa
do reencontro,
no fumo de mais um cigarro
coloco reticências no poento final
do nosso poema por escrever…

Ana Coelho Coletânea 2º Concurso Literário Edições Vieira da Silva

quinta-feira, 10 de maio de 2018

Se há dias que algumas coisas nos aborrecem, há outros em que tudo nos engrandece o coração e nos mostra com simplicidade que o que damos vale a pena porque ainda há alma que não são pequenas!

quarta-feira, 9 de maio de 2018

Por fama tudo se faz...ou melhor tudo muitos o fazem...uma vezes assim, noutras ao lado...o importante é o " sino" tocar para o " nosso" lado...pasmo ao ver o que se faz e como se faz...e como já escrevi muitas vezes pela minha criatividade ou pelo meu pensamento que não se apaga, só entende o que faço quem o faz com a mesma emoção...os outros andam ali ao lado...
( este eu pode ser tu)
" Pensamentos soltos do meu entender sem direção ou morada"
Por fama tudo se faz...ou melhor tudo muitos o fazem...uma vezes assim, noutras ao lado...o importante é o " sino" tocar para o " nosso" lado...pasmo ao ver o que se faz e como se faz...e como já escrevi muitas vezes pela minha criatividade ou pelo meu pensamento que não se apaga, só entende o que faço quem o faz com a mesma emoção...os outros andam ali ao lado...
( este eu pode ser tu)
" Pensamentos soltos do meu entender sem direção ou morada"

domingo, 6 de maio de 2018

Há sempre um poema que nos espera nas entrelinhas do silêncio...
A verdadeira arte dos afetos é feita sem fotografia, sem palavras, sem público...é feita na genuína forma de dar amor sem panfletos...nem dias!

sexta-feira, 4 de maio de 2018

Nem sempre digo...nem sempre estou...mas sou sempre grata mesmo no meu silêncio a tudo e a todos quando estão...nem todos entendem...só os que me conhecem o coração!

quarta-feira, 2 de maio de 2018

A semente é a origem de tudo...cuidar dela com o maior carinho e respeito é o adubo para que ao florescer tudo seja um florir harmonioso...

quinta-feira, 26 de abril de 2018

Felicidade é também sentirmos que os momentos de empenho se concretizam em algo palpável...que nos dá um brilho intenso ao olhar...

quarta-feira, 25 de abril de 2018

Liberdade sou eu e tu que a escrevemos...mais que a escrever escolhemos...em cada ato concreto em que somos sociedade!

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Na continuidade do que somos há sempre um novo caminho para trilhar...um novo obstáculo para passar...é isso a vida sem segredo nem medo...continuar...

sábado, 21 de abril de 2018



O nosso caminho é feito de tantos pedaços...cabe-nos recolher os que nos acariciam e levá-los num abraço fraterno para atravessar os pedaços tempestivos...