sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Lá fora o sol vive indiferente à passagem do tempo...o tempo segue o curso das passagens indiferente ao sol...ambos se cruzam diferentes e intocáveis...poderemos apenas atingir a sua transição quer queiramos ou não...

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

No limiar das emoções testar os medos é um impulso que se reinventa...os verdadeiros medos não se perdem apenas se enfrentam...

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Onde a rota do sol beija o rosto tudo é mais suave nas horas gastas do tempo que não se esquece de passar...

sábado, 24 de agosto de 2013

O silêncio da manhã desenhado nos raios de sol que envolvem os sons íntimos despertam as cores onde a renovação se completa...

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Despertar na maresia das emoções com o teu olhar a descer de mansinho pelo rosto sereno que te embala no sossego dos segredos...
Quando a noite chega assim repleta de salpicos de mar a lua sorri nos braços das estrelas que se multiplicam no olhar...

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

O som do mar...o cheiro das ondas dentro do olhar...a noite (s)em silêncio...tudo a embalar a alma num pedaço que reencontro!

sábado, 17 de agosto de 2013

Amarelo uma chama norma que envolve a essência de um intenso calor onde o íntimo navega em busca da rubra cor...

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

As palavras começam a esquecer o silêncio...desprendem-se e rasgam a memória...os sonhos esquecem a insónia e vivem a cumplicidade do sono...o silêncio e o sono despertam em palavras que nem sempre se entendem...

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Vivemos aprisionados em ilusões de liberdade. Construímos grades no íntimo e começamos apenas a ver uma só imagem em tudo. Tudo aquilo que atingimos é o quadrado onde estamos fechados...perdemos as verdadeiras formas do horizonte que se transforma a todo o instante...
 

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Há momentos em que o escritor se sente pequeno perante a criatividade do "não escritor" em detalhar pormenores alheios...

domingo, 4 de agosto de 2013

Lá fora a vida foge...e eu...recolho os pedaços que sou aqui...e descubro que sou feliz assim no silêncio de mim e escutar a vossa vivacidade... 

sábado, 3 de agosto de 2013

Quando procurares por mim e eu apenas tiver silêncio...pára...busca no passado as palavras que te entreguei!

sexta-feira, 2 de agosto de 2013