quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

É tempo de ser e não de parecer...nem de esquecer que ser é a maior virtude individual mesmo que todos pareçam não entender...ser é um acto individual num estado de alma aberta na consciência certa!

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Uma palavra pode trazer o alento ao coração atento que nos silêncios observa muitas palavras caladas em actos (des)concertados...uma palavra um momento é um tempo que marca as linhas da vida onde caminhamos e avançamos...
Há fios condutores que nos entregam tanto que nem a alma quer acreditar...de encontros espontâneos se unem vontades e se realiza o desafio que nem o sonho ousou sonhar...

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Quando um pedaço da utopia não sonhada avança há um calafrio dentro do âmago...um suspiro no meio do desafio...o corpo balança... a alma grita: Avança tens a alavanca para a conquista...a coragem que vence todos os medos...

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

As ideias acontecem...somente florescem se na partilha genuína todos se entregarem um pouco na globalidade...sozinhas as ideias não passam de areias levadas pelo vento ao deserto dos (des)entendimentos...

domingo, 25 de janeiro de 2015

Escrever poesia é dar palavras às emoções...deixam de ser nossas...passam a ser aquilo que cada olhar captar...
Embora os dias se assemelhem... nada é como era...gradualmente as mudanças instalam-se e quando olhamos bem para o pormenor do dia há uma distância colossal entre outros dias idos...

sábado, 24 de janeiro de 2015

Seremos o que os nossos desejos sonham...neles crescemos avançamos e o mundo observa a nossa essência em cada passo...não nas palavras!

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Andam loucas as palavras na mente alucinada de escrever perdidamente o tempo do tempo que não sei dizer...corre velozmente o pensamento neste tempo de inspiração constante numa cortante brisa de quietude...

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Eu tive um sonho, do sonho nasceu a vontade, da vontade nasceu a conquista de viver os sonhos...passo a passo alargando horizontes ao mais nobre dos sonhos...ser!

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Quando erramos há sempre mil vozes atentas nos bastidores…quando acertamos…silêncio…

domingo, 18 de janeiro de 2015

Há dias em que a nostalgia nos envolve sem consentimento...são momentos em que um passo avança e alguns ventos empurram para lados após aos que caminhamos...(s)em esforço lembramos laços e abraços...ainda assim a nostalgia veste o Inverno com dificuldade em encontrar os raios de sol que são presença constante mesmo parecendo ausentes...
A mão na mão com o coração na ponta dos dedos a guardar segredos que a emoção deixa verter pelo olhar a brilhar...

sábado, 17 de janeiro de 2015

As emoções movem o mundo...o nosso mundo e o daqueles que se cruzam nas mesmas emoções...o mundo é uma ilusão alimentada pela paixão das verdadeiras entregas em construção!

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Tudo é um pouco de nada e o nada é um todo completo quando a alma se entrega em solfejos de verdade!
A vida é um emaranhado de emoções e comoções...nem tudo será um dia memória...nem tudo será lembrado...haverá coisas que serão um legado perdido...esquecido porque apenas fizeram sentido dentro de nós!

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015


A vida é um caminho onde os encontros são os elos nobres do ser humano que se encontra e permanece entre raios de sol e intempereis…

 

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

O silêncio indica pontos de luz onde tudo se torna mais nítido...dentro dos caminhos há sempre trilhos a escolher...nem sempre os que o coração indica, se envolve como paixão e motivação sem interesse  são os que a humanidade entende...por isso é tempo de mudar prioridades e abraçar novos estados...

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Problemas não é uma exclusivo…no entanto há muitos que julgam-se únicos nesta patente…
Há silêncios que erguem barreiras em betão armado...nem os ventos os trespassam...nem o tempo os demove...eternizam-se em incertezas que com o tempo se tornam certezas sem volta!
Não aprisionem a mente nem o corpo; ambos precisam de movimento constante para eu exista...

sábado, 10 de janeiro de 2015

O pecado da humanidade é saber as palavras mas não as usar nos atos…
tantas e tantas palavras escritas e verbalizadas ficam aquém daquilo que se pratica!

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Pergunto-me se algum dia saberei explicar ao corpo o que a alma sente...o corpo repete a questão à alma inquieta...

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

A humanização encontrada nos animais surpreende sempre a humanidade porque esta anda longe da saber o verdadeiro sentido além da palavra...

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

A maior liberdade dos poetas é poderem contar ao mundo as verdades em metáforas que só o tempo de cada mente as descodifica... a maior ilusão dos poetas é escrever liberdade de ânimo leve...pensar que todos entendem a metamorfose do tempo na metáforas da vida...
Já ninguém ouve as palavras...já ninguém para a sentir as palavras...já nada dizem as palavras porque não há corações a desenharem sentidos ao ouvido na fonte de onde nascem as palavras...

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

domingo, 4 de janeiro de 2015

Há espera que os sons e as cores se misturem na linha do horizonte onde o meu olhar não se perde ao encontro do infinito... o sentir que me embala os silêncios...

sábado, 3 de janeiro de 2015

Pedimos mudança...reclamamos espaço...quando o entregam temos dificuldade na adaptação e aceitação...

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Para se ser feliz é preciso tão pouco que nem sempre se entende isso por ser um pouco de quase nada...
Ano Novo , ano de mudanças e novas esperanças que as velhas morreram ontem em busca da sobrevivência...lutar nem sempre é vencer...estar nem sempre é lutar...nasce o sol no canto de um pássaro que me chama...