quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Por vezes o silêncio pode parecer esquecimento e não é verdade...mesmo em silêncio lembro todas as mãos estendidas em todos os momentos da minha Vida e sou grata por elas...sempre sem esquecimento mesmo dentro dos meus silêncios por falta de tempo ou por defeito/feitio meu...

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Percorro o caderno e as folhas estão gastas...o olhar pára em cada página para recordar o pensamento de cada uma delas...esqueço o pensamento que está vazio...fecho o caderno numa caricia meiga e suave numa lágrima solta...não há mais páginas para escrever...fecho o caderno para o deixar viver!

sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

O luar brilha com um sorriso aberto na noite em que a união marca os lares...que o brilho deste luar seja eterno nos corações, que se unem porque há mais que um dia para se Ser...há todo um ano, todo um tempo que não devemos nunca esquecer!
Hoje é Natal e há de tudo nas mesas...há famílias sentadas à lareira...há luzes a piscar em todos os lugares...E amanhã que já não é natal o que haverá nas mesas e onde estarão as famílias e as luzes que alegram as passagens?

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

O tempo passa, as rugas aconchegam a pele...a essência fica apurada na experiência à qual chamamos Vida!
Não importa o tempo que passa mas como nós passamos o tempo e o que com ele recolhemos e deixamos pelo tempo! 

domingo, 20 de dezembro de 2015

Sendo todos diferentes na verdade tudo é igual...cada um faz o seu caminho...e eu faço o meu...

sábado, 19 de dezembro de 2015

Hoje tive a confirmação daquilo que digo e penso, nada como as emoções para nos fazerem sentir Vida em união...um dia feliz porque senti a felicidade dos que me rodeiam...

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

O mundo já não roda no sentido dos ponteiros do relógio...se roda porque razão tudo parece acontecer na contra-mão do verdadeiro sentido Universal?

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

O tempo passa, as memórias ficam...assim como tudo e todos os que devem ficar para acrescentar tempo ao tempo que somos...no caminho partilhado em tempos de igualdade onde nasce a irmandade no sangue da eternidade!

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Nem tudo o que faço penso...tudo o que penso faço...em ambos os sentidos tudo o que faço é de verdade e vontade...

domingo, 13 de dezembro de 2015

Se há dias que são vida e foi/é um deles este..."um pouco do nada que nos faz feliz"...um pouco do tanto que nos faz seres Humanos no meio das palavras e poesia...há dias que não se apagam no tempo da gente porque foram mais que tempo, foram emoções e sonhos onde a vida é uma poesia em movimento!

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Se muitos duvidaram...outros tantos acreditaram...eu acreditei e o sonho aconteceu como um rasgo de luz num outono de promessas...minhas...e tuas...

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

As ausências sentem-se não na falta de palavras, mas sim, quando os silêncios já não comunicam...já não fazem falta...e o silêncio mostra o esquecimento...
A vida continua na passagem que se desenha...as sombras dançam e o que fica retido no meu olhar é uma palavra... Amor onde eu renasço porque o sei mais que palavra...