segunda-feira, 30 de maio de 2011

A minha voz não é um silêncio, a minha silhueta não é uma sílaba escrita em folhas de papel...os meus gestos são tudo aquilo, que alguém aufere na forma límpida de olhar...com os sussurros suaves que lhe habitam na antecâmara de SER...

domingo, 29 de maio de 2011

sábado, 28 de maio de 2011

Tudo o que quero é a luz do sol num fio infindo das minhas (in)certezas, no calor de um toque, que não só as mãos sentem!

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Há uma voz que escuto sempre sem pressa…um cântico onde as palavras são tudo aquilo que eu quiser!

quinta-feira, 26 de maio de 2011

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Existem procuras no escuro que por não saírem dele, não encontram nada mais que escuro…círculos fechados onde o olhar se agarra…e o escuro é assim a morada!

terça-feira, 24 de maio de 2011

A poesia é uma metáfora da vida…a vida é mais bela quando a metaforizámos com sonhos e neles lutamos até ao infinito!

segunda-feira, 23 de maio de 2011

O querer nem sempre é possível...mas o crer traz sempre todos os desejos ao coração...assim creiam os "homens"....

sexta-feira, 20 de maio de 2011

A minha vida não tem pausas…tem começos e recomeços…tem chuva e sol…tudo numa única vida…aquela onde sei sorrir!
O talento é uma arte, a arte é algo que se faz com alento…contudo a responsabilidade e a competência têm também que estar no cerne destas inteirezas!

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Quando o alcance da visão é o mero sentido onde o pé se assenta no momento...todas as pedras do caminho serão um tropeço e não a ajuda para uma nova construção...

terça-feira, 17 de maio de 2011

Só conseguimos visualizar as emoções que moram dentro do peito...somente conseguimos sentir quando em nós mora o sentido!

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Para lá de mim e de ti tudo o que fica é as sementes floridas de um jardim onde os aromas se espalham e ganham cor...passáros com asas em voos de liberdade com responsabilidade e coragem!

domingo, 15 de maio de 2011

Grandes são as realidades quando os sonhos nascem da humildade vestidos de simplicidade na grandeza de um querer sem ambição!

sábado, 14 de maio de 2011

A emoção é uma voz de silêncio que bate no peito como uma gota fina de chuva num sopro de brisa suave, o sentir é mais que qualquer palavra pode definir quando os momentos são grandes na partilha de coisas inesquecíveis...




Há uma ausência de palavras no centro de uma conversa animada...daquelas que não dizem nada...mas que se capta as palavras não vociferadas!

sexta-feira, 13 de maio de 2011

A vida é uma arte que deve ser vivida no palco da existência...a poesia um traço do destino ao encontro de outras artes!

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Não vale a pena desenterrar o passado na esperança de o igualar no presente, o que foi não volta a ser...só nos deixa a reviravolta do aprender!

Se assim o conseguirmos ver...

terça-feira, 10 de maio de 2011

No meu âmago só cabe  aquilo a que eu deixo tomar lugar, é o espaço imenso de uma fertilidade nutrida pelo espírito em clareza...Ana Coelho
Uma curta e redonda palavra engana e estraga todo o cerne da humanidade...Ego.

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Quando falas daquilo que observas para lá de ti, eu encontro a tua verdadeira morada!
Nunca fui bailarina, muito menos marioneta ou robô com comando à distância…também não sou poeta, sou talvez o pensamento em palavras…ou apenas e tão-somente aquilo que tu vês ou sentes no teu sentir!
Há quem tenha um pensamento por dia...há quem pense que pensar é coisa de loucos...há pensadores sem pensamento...ainda há quem pense como é que se consegue pensar sem nunca parar...ah! e eu não consigo deixar de pensar em tudo aquilo que o meu olhar acaba de contemplar!

domingo, 8 de maio de 2011

Diz-se que o amor é cego mas na verdade é o único que tudo vê na claridade de um âmago leve...
A poesia é vida dentro de quem a sente…são traços da alma de quem a faz ter vida!

sábado, 7 de maio de 2011

A vida é cor-de-rosa, com uma paleta de tonalidade deste o mais claro ao escuro passando por momentos em que o rosa parece velho...
Grandes são os que conseguem observar o alto estando no vale mais baixo onde as águas correm e as margens parecem sombras das costas...
Agora que as estrelas brilham e os olhares se encontram na penumbra de cada aconchego a lua canta sozinha acordes de uma melodia tua onde as minhas mãos dançam...
A flauta tocava baixinho...nas cordas de um violino que chorava a ausência de um olhar...o sol caminhava sereno na certeza do teu regressar!




sexta-feira, 6 de maio de 2011

Todo o esplendor em beleza que os olhos agora bebem é a "cópia" dos fios dourados que nos esperam...
As minhas palavras por vezes saem desacertadas, mas o meu pensamento tem uma linha certa onde se refaz após cada nova palavra…






quinta-feira, 5 de maio de 2011

Não me perguntem o que quero dizer com as minhas palavras, perguntem sim, a cada um de vós o que elas dizem...
Geométricas são as casas e os aranha céus…mas não as montanhas nem os lírios do campo!

terça-feira, 3 de maio de 2011

São tantos os olhares que gostam de vislumbrar as flores no jardim...e tão poucos os que as tratam para elas florirem!
Não gosto de rostos ocultos, nem de vozes escondidas por de trás de névoas...gosto de um olhar em todas as nuances das falas, da frontalidade com cordialidade…aceito uma critica, não aceito um sussurro escondido por véus de logro…a perfeição é um estado em aperfeiçoamento e não um estático ser…




domingo, 1 de maio de 2011

Existem (muitos) seres humanos que não se encontram, procuram nos outros tudo o que sentem...e mesmo no meio da luz só encontram a inquietação que lhes habita no coração!