terça-feira, 27 de junho de 2017

Quando se tenta enganar tem que se saber se o que há do outro lado...nem tudo o que parece é...e tantas vezes o engano é o maior engano a si mesmo!

segunda-feira, 26 de junho de 2017

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Uma conversa é uma conversa que quem ouve se atravessa e muda todo o sentido que foi sentido nas palavras dos intervenientes...

terça-feira, 20 de junho de 2017

Escrever é abrir a alma ao mundo mesmo sem o entender...ou que o mundo entenda a emoção das palavras!

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Basta um movimento mais audaz e as sombras movem-se ficando a descoberto e mostrando que estão sempre por perto...no entanto um gesto audaz pode ser a mudança para o que se faz além da critica!

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Cada palavra minha é um pedaço meu, do meu coração que observa o mundo num todo de dentro para fora...

terça-feira, 13 de junho de 2017

Num tempo

Preciso que o tempo
passe..corra…corra…

Outras vezes
queria o tempo
a voar como uma pena
num dia de verão sem vento!

O que fazer
com este sentimento,
num tempo que me consome?

Quero sentir a pele a queimar
ao sol num tempo sem vento
com o calor do teu coração!



segunda-feira, 12 de junho de 2017

De onde nasce a união senão de dentro de cada coração...de cada coração em busca de outro que se faça ouvir no silêncio das palavras!

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Assim é a poesia, nasce no coração saí na emoção de quem escreve ao encontro de outros sentires..

sábado, 3 de junho de 2017

Palavra silenciada num poema que nunca lês

Por vezes quero dizer-te
que te amo
mas as palavras fogem
dentro do silêncio
em que te fico a olhar

Vais…segues…
avanças no teu caminhar

e eu fico aqui a amar-te
no silêncio do poema
que nunca vais ler…

Fico no sentimento
que só no tempo
o vais entender…

Amo-te
é a palavra silenciada
sempre que vais…e segues
…no teu caminhar…
eu fico a amar no silêncio
de estar neste eterno amor!


sexta-feira, 2 de junho de 2017

A olhar o nascer do sol encontro o novo dia...a luz que guia os sentidos essa nasceu e fica sempre dentro do âmago...no sono e nos sonhos de dia e de noite...