segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Por vezes escorrega-me o pensamento na ponta fina dos dedos, balançam em mim metáforas que se despem na contra luz das emoções...

1 comentário:

  1. E que essas metáforas se dispam sempre que as sentir balançar dentro de si.

    Vi tantos blogs no seu perfil que fiquei sem saber onde vir agradecer-lhe por se ter tornado seguidora do "Linhas". Cliquei neste e gostei, vou seguir! Muito obrigado, Ana!

    Tudo de bom,

    Samuel Pimenta.

    ResponderEliminar