sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Escuto o som da natureza nela me envolvo em novos rumos enquanto espero com serenidade o futuro que não se adivinha...

Sem comentários:

Enviar um comentário