quinta-feira, 27 de março de 2014

Em busca do sol que o tempo teima em não dar... reinvento os sentidos em suaves tons de calmaria...desfio o calor mais intimo para nele me aconchegar nas horas que o tempo esquece...

Sem comentários:

Enviar um comentário