domingo, 9 de março de 2014

Quis ser vida e não quis ser sonho mas a vida fez-se sonho sem sono e o destino é um caminho onde sou a vida onde (re)coloco os sonhos na construção dos pedaços que recolho ao longo das falências na vertigem dos dias...

Sem comentários:

Enviar um comentário