quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

A noite caí no olhar perto da distância onde os sonhos escurecem...dentro do silêncio nas presenças que são sentidas crescem de novo os sonhos...abertos a novos horizontes para o luar retomar o cantar num sorriso vestido da lágrima a esquecer...

Sem comentários:

Enviar um comentário