sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Viajo pelo tempo num vento do agora que me embala as emoções onde cabem tantos pedaços...alguns em estilhaços que cortaram...marcaram...não ficaram...partiram para longe deixando apenas o que aprendi...

Sem comentários:

Enviar um comentário