sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Por mais voltas que o universo dê as rotas não mudam, só a vontade humana pode contrariar os hostes intímamente sentidas...

Ana Coelho

Sem comentários:

Enviar um comentário