quinta-feira, 19 de abril de 2012

Se alguém me vir partir não me diga adeus... nem até já...depois da partida já nada fica para contar...tudo o que temos e somos é antes de tudo no nada que somos no pouco que nos vêem...

Sem comentários:

Enviar um comentário