segunda-feira, 10 de junho de 2013

Entrego o corpo à viagem do silêncio...mergulho no profundo e fresco ar a respirar a renovação dos canticos...as esquinas estão escuras num luar de ausências...onde me balanço a sentir as reais presenças de um presente que em mim vive!

Sem comentários:

Enviar um comentário