quarta-feira, 13 de maio de 2015

Há um sabor tão intenso nestas horas de silêncio...o espírito (en)canta-se... a alma dança para não estar quieta porque veste a inquietude da saudade enquanto o dia se aproxima...ao mesmo tempo que anseia a nova luz que se avizinha!

Sem comentários:

Enviar um comentário