segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Enquanto arrumo o ruído no silêncio...esboço traços ao luar que me fazem lembrar que a vida é uma paisagem onde não se pode acomodar os sentidos...

Sem comentários:

Enviar um comentário