segunda-feira, 30 de novembro de 2015

O dia começa na continuidade da vida...tudo o que fazemos é um lugar comum da nossa existência...na vulgaridade dos gestos mostramos o que há dentro do espelho!

Sem comentários:

Enviar um comentário