sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Porque é que já não me vês e me empurras para aquele lugar ao qual deram o nome de saudade?

Sem comentários:

Enviar um comentário