quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

A brumas despertam o silêncio move-se devagarinho, os dias deslizam no tempo, os ponteiros apontam a chegada de mais um sonho tornado realidade para lá do universo palpável...

Sem comentários:

Enviar um comentário