quarta-feira, 20 de abril de 2011

Quando te entregas a um amigo não lhe dês a mão mas sim o coração e a direcção para um caminho transversal, não digas sim nem lhe dês a ilusão entrega-lhe apenas a exactidão,mesmo que a tua razão não seja a que ele espera…

Sem comentários:

Enviar um comentário