sábado, 23 de julho de 2011

Entre a realidade e o sonho fica o campo verdejante onde caminho na utopia de um sopro de vento onde o corpo é caminhante e a alma um pássaro com asas ao encontro do sol!

Sem comentários:

Enviar um comentário