sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

O despertar do sonho é um nevoeiro na tenebrosa tempestade sem margens...as canções do mar afundam em sal glaciar...

Sem comentários:

Enviar um comentário