segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Sou  tudo ou nada. tenho pedaços dispersos e palavras caladas no vento...sou tudo o que em mim encontras...sou nada para quem não se encontra nas palavras silenciadas numa folha de papel...contudo sou o nada do tudo que habita em mim!

Sem comentários:

Enviar um comentário