sexta-feira, 16 de maio de 2014

Com a luz ainda a brilhar um imenso calor de palavras, recolho na noite com os sonhos a crepitarem horizontes renovados...
 

Sem comentários:

Enviar um comentário