domingo, 25 de maio de 2014

Os sons do silêncio batem suavemente na porta do pensamentos...descem aos cais com a maré da inquietude...navega candidamente nas águas onde se torna palavras realizadas no âmago dos sentidos!

Sem comentários:

Enviar um comentário