quarta-feira, 6 de agosto de 2014

O silêncio engole as palavras com voos serenos alcançam os poros finos do espírito com as certezas a dançarem nas curvas do vento!

Sem comentários:

Enviar um comentário