quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Não há palavras novas nem alguma que se inove... silêncio não conta nada novo...há apenas o espaço branco onde me ausento!

Sem comentários:

Enviar um comentário