domingo, 8 de março de 2015


Com o mundo nas palmas das mãos deixo os pássaros voarem... ao som do luar inspiro a amena madrugada...um novo cântico absorve-me o olhar...novos caminhos...novas luzes acendem-se para alinhar os passos incertos de um agora novo...imperativamente novo!

Sem comentários:

Enviar um comentário