sábado, 28 de março de 2015

Um adeus que me desafia...acena...baila dentro do silêncio...espero a noite e o luar desenha nas nuvens um verbo que se ausenta...estarei eu no caminho errado? ... vou partir em busca de mim e talvez não volte...talvez!

Sem comentários:

Enviar um comentário