sexta-feira, 31 de julho de 2015

Há quem encontre muito no meio de tudo...eu encontro (me) muito no meio de nada...o nada onde habito com alma, coração e emoção...

Sem comentários:

Enviar um comentário