sábado, 25 de julho de 2015

O quotidiano traz sempre algo novo...quando acontece nem sempre é detectado...no entanto; fica no âmago e quando o silêncio me visita os ecos soam alto para indicar caminhos e alertar os sentidos!

Sem comentários:

Enviar um comentário