terça-feira, 25 de agosto de 2015

Preciso de mergulhar nas águas do silêncio e ficar nos recantos transparentes do infinito onde tudo fica sem eco para elevar o espírito... lembrar ao corpo que os caminhos têm espinhos e rosas...preciso urgentemente de não precisar de nada...

Sem comentários:

Enviar um comentário