sábado, 10 de outubro de 2015

Fiz companhia à lua para recordar o som do seu silêncio a embalar-me as palavras caladas no meio da noite...foram palavras e silêncio com o doce sabor de antigamente a brilhar-me por entre os dedos...

Sem comentários:

Enviar um comentário