quinta-feira, 29 de outubro de 2015

O som da manhã abraça os mais leves sonhos com eles caminha pelo dia sem urgência...saborear todos os minutos nas horas por onde se passa...é viver e não deixar a vida só passar...é ter a vida a acontecer para recolher dela os sons infinitos das utopias realizadas!

Sem comentários:

Enviar um comentário