quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

As puras amizades são como as sementes nem sempre se observam, contudo em terra fértil vingam sempre...se não germinam é porque na verdade eram ervas daninhas...a partilha é o acto universal na dádiva de coração!

Sem comentários:

Enviar um comentário