sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Indiferentes não são as palavras mas sim os silêncios.
Existem tantos silêncios como palavras de um dicionário deste o tempo da antiguidade!
 

Sem comentários:

Enviar um comentário