domingo, 4 de dezembro de 2011

Um dia pode ser o último, o primeiro ou simplesmente o meio de um tempo...o tempo nunca é estático e com ele nos faz lembrar que as mudanças imperam no tempo...mesmo que a vontade esteja longe e as ausências tão perto de cada emoção do tempo!

Sem comentários:

Enviar um comentário