terça-feira, 20 de março de 2012


Abro a mão sem necessidade de a fechar…entrego sem o olhar aguardar um retorno…assim é a minha viagem…quando estendo a mãos os olhos brilham a boca calasse...

Sem comentários:

Enviar um comentário