sexta-feira, 4 de maio de 2012

É tarde e o sol reina amplo...o vento sopra revoltas em volta das searas mornas...os rios já não escutam os murmúrios...é silêncio numa corrente amena onde descansam as palavras...

Sem comentários:

Enviar um comentário