sábado, 26 de maio de 2012

Por vezes as palavras saem-me como agulhas do inquieto pensamento que tão-somente observa...se sentires uma picada...não me questiones...busca em ti o local onde arde esse ardor!

Sem comentários:

Enviar um comentário