quarta-feira, 15 de abril de 2015

Do céu descem sonoros ruídos que faícam no meu silêncio ...as esperas inquietam o tempo...o tempo muda...as tempestades (não) serenam...a Primavera não chega e o sol chora a sua ausência...

Sem comentários:

Enviar um comentário