sábado, 7 de maio de 2011

Agora que as estrelas brilham e os olhares se encontram na penumbra de cada aconchego a lua canta sozinha acordes de uma melodia tua onde as minhas mãos dançam...

Sem comentários:

Enviar um comentário