quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Todos os acasos que nos acontecem, não são acasos, são metas para traçar com a impulsiva força do âmago!

Sem comentários:

Enviar um comentário