quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Há degraus para chegar a todo o lado...há espaços curtos para tantos degraus e linhas longas após cada subida...há ainda os passos que morrem antes da derradeira partida, contudo os degraus ficam lá indiferentes a tudo num nada extenso e longo do tempo!

Sem comentários:

Enviar um comentário