sábado, 10 de setembro de 2011


Rasgam-se do céu pedaços de algodão caem pela terra em gotas húmidas a lacrimejar na terra...o sol vagueia inquieto nas formas infindas que conhece desde o ventre do universo.

Sem comentários:

Enviar um comentário