domingo, 3 de junho de 2012

Quem de mim se esqueceu é porque nunca mereceu o perfume das pétalas que me voam das mãos...quem de mim as recebeu é porque as recolheu com o mesmo fulgor que eu!

Sem comentários:

Enviar um comentário