segunda-feira, 6 de maio de 2013

Há um espaço da vida onde já passei e jamais voltarei...há pedaços que guardei na baú do âmago...onde de vez em quando os vou rever... existem em mim um espaço vazio que não sei qual a cor que o fará preenchido...apenas sei que em cantos de esperança não deixarei nunca a balança que me equilibra os sentidos...mesmo os desconsentidos que chegam sem hora esperada...
 

Sem comentários:

Enviar um comentário