quinta-feira, 23 de maio de 2013

Lembro-me do ponto de partida e dos olhares que acompanharam os passos incertos...não sei qual a meta nem onde termina a fonte de onde bebo...apenas sei que em todo o caminho vão existir sempre as sementes onde a renovação acontece...e as árvores de onde se colhe o fruto da esperança...ainda que algumas fiquem em busca de outros caminhos...

Sem comentários:

Enviar um comentário