segunda-feira, 14 de julho de 2014


A lua abrevia as suas formas nos veios alaranjados da alvorada, onde os sonhos começam e desprendem a quimera da noite, o pensamento alonga-se na busca de novas fases lunares...

 

Sem comentários:

Enviar um comentário